Música Barroca no Mosteiro de Arouca

Combinar o barroco musical com o barroco artístico só é possível fazê-lo em Arouca, no cadeiral do coro baixo do seu Mosteiro, todo ele revestido de uma rica arte barroca do sec.XVIII, onde se impõe uma bela peça organeira ibérica datada de 1743 e construída dentro de estilo em vigor no tempo de D. JoãoV.

Foi essa combinação que aconteceu no dia 13 de abril de 2024 com o concerto de música barroca pelo grupo Iberian Ensemble, fundado em 2012 por Alexandre Andrade, com o objetivo de pesquisar e interpretar música instrumental ibérica do sec. XVIII.

Usando a flauta barroca (traverso), o violoncelo barroco e ainda a teorba e a guitarra barroca, este grupo interpretou quatro Sonatas, em vários andamentos, de três importantes compositores barrocos: Michel Blavet (1700-1768) de Besançon (França); Benedetto Marcello (1686-1739) de Veneza e Domenico Scarlatti (1685-1757) de Nápoles, ambos italianos. Refira-se que este último compositor chegou a trabalhar para a corte de D. João V tendo sido mestre da Capela Real, durante 9 anos.

A perfeita harmonia das peças interpretadas com o o cenário barroco envolvente, fizeram deste concerto um belo momento artístico em que a música interpretada nos conduziu a ambientes do sec. XVIII que muito ficaram a dever a D. João V, grande melómano e cuja política cultural fez dele o maior mecenas da Europa setecentista, tendo sido mesmo considerado como rei sol português.

Este concerto foi organizado pela Real Irmandade da Rainha Santa Mafalda com o apoio da Direção Geral das Artes, da Câmara Municipal de Arouca, bem como do Mosteiro de Arouca.

José Cerca

© 2024 Todos os direitos reservados

Desenvolvido por [+|-] Enérgica