Ultra Trail Serra da Freita regressa a 22 de junho

Provas de 100 e 65 Km com “novidades no percurso”

É já no próximo dia 22 de junho que se realiza mais uma edição do Ultra Trail Serra da Freita, evento promovido pela Confraria Trotamontes. Este ano, a competição desportiva vai ter as distâncias de 100/65/31 e 19 quilómetros, sendo que as inscrições para a última distância já se encontram “esgotadas”.  

Relativamente ao percurso por onde os participantes irão passar, nos 31/65 e 100 km “vão fazer as famosas goelas”, que foi um trilho que abriram e depois dirigem-se para o “Coice da Mula”, que “também é um Trilho emblemático”, tal como adiantou Flor Madureira, membro da organização. Entretanto, “os 31 quilómetros começam a dirigir-se para Arouca” e as outras distâncias “vão para Cabreiros”.

“Na Aldeia de Cabreiros fazem a divisão das provas e, portanto, os 100 Km vão em direção do Rio de Frades, Covêlo de Paivó, Regoufe, Covas do Monte, Portal do Inferno, Póvoa das Leiras, depois vão subir a Besta, e aí convergem as duas provas, os 65 e os 100 quilómetros, indo na direção dos Viveiros da Granja, Gestoso, Aldeia da Lomba, Albergaria da Serra. Depois vão também em direção de Arouca”, esclareceu.

“Os 19 km estão esgotados”

Com os “19 km esgotados”, e os “31 a bom ritmo”, restam os 65 e 100 Km com “inscrições dentro daquilo que é o expectável nesta altura”, com cerca de 180 inscrições para os 65 Km e 120 inscrições para os 100 Km.

A maior novidade na prova deste ano é mesmo na prova dos 100 e dos 65 Km que é a “alteração de Cando para Coice da Burra”, e depois  “quando saem da Besta passam as minas de Chã e vão dirigir-se para os Viveiros da Granja”, que “não acontecia” antes.

Paralelamente a responsável acrescentou que este é um percurso bastante emblemático porque “passam em zonas” que foram especificamente abertas para a prova, que “não são comuns”. “Entretanto com a passagem das várias distâncias esses locais têm-se tornado bastante míticos e já há pessoas que fazem a caminhar, porque preocupam-se e querem conhecer os trilhos que nós abrimos, porque também lhes colocamos nomes e batizamos a todos”, denotou.

Por isso, além dos praticantes de Trail, há também praticantes de “caminhada” a percorrer os trilhos da Freita.

Sem qualquer prémio monetário o Ultra Trail Serra da Freita conta com o patrocínio da Decathlon “maior parceiro”, e com apoio do Município de Arouca.

Ana Castro

Fotos: Confraria Trotamontes

© 2024 Todos os direitos reservados

Desenvolvido por [+|-] Enérgica